Inhame: O Aliado Natural para Equilibrar o Teu Ciclo Menstrual


Sabias que o inhame pode ajudar a regularizar o teu ciclo menstrual?
Ter um ciclo menstrual irregular pode não fazer diferença para muitas mulheres desconectadas de si mesmas, para as mulheres que pretendem corrigir a menstruação irregular, deixo aqui um dos alimentos pode ser um grande aliado na hora de conquistar um resultado positivo de forma natural: o inhame.

  • O que é um ciclo irregular
  • Benefícios do inhame
  • Como o inhame pode ajudar a regular seu ciclo
  • Melhores formas de consumir inhame

O que é um ciclo irregular
Normalmente, o ciclo menstrual ocorre no mínimo a cada 21 dias e no máximo a cada 35 dias, dependendo da mulher. Quando esse ciclo não ocorre da mesma forma todos os meses ou não tem a mesma durabilidade, ele é considerado irregular.

E quando ele é irregular, é mais complicado identificar o período fértil ou de ovulação – o que dificulta bastante as tentativas de engravidar e a taxa de assertividade. Existem algumas causas para uma menstruação irregular, sendo que as mais comuns são:

  • Síndrome do ovário policístico (SOP)
  • Disfunções na tireoide
  • Obesidade
  • Desnutrição (anorexia/bulimia)
  • Endometriose

Um ciclo menstrual irregular dificulta as tentativas de engravidar
Existem algumas formas clínicas de resolver a questão do ciclo menstrual irregular. Por exemplo, o uso de medicações ou, no caso de patologias como a tireoide, o tratamento da patologia. Há ainda a possibilidade de tratamento através de hormônios e até cirurgias de correção. Em caso de cistos ou miomas, a menstruação tende a ser regulada com a retirada deles. Logicamente, caso a irregularidade seja constante e acompanhada de outros sintomas, é importante conversar com seu médico!

Benefícios do inhame
O inhame é um alimento altamente nutritivo. Ele pertence à família dos tubérculos, vegetais com raízes subterrâneas e que crescem embaixo do solo, e há provas de que já era cultivado e consumido na África e na Ásia por volta de 5.000 a.C. Chegou ao Brasil através dos portugueses e aqui encontrou condições ideais para se desenvolver. Hoje pode ser encontrado em praticamente qualquer mercado.

Alguns dos principais benefícios do consumo do inhame são:

  • Diminui os sintomas da menopausa ao aumentar os níveis de estrogênio
  • Melhora problemas respiratórios com suas propriedades anti-inflamatórias
  • Previne doenças cardíacas por ser rico em fibras, vitamina B6 e B9
  • Auxilia na perda peso ao deixar o organismo saciado por mais tempo
  • Aumenta a imunidade por possuir bons níveis de vitamina C
  • Faz bem para a pele atuando como um desintoxicante do corpo
  • Ameniza os efeitos da TPM ao agir como regulador de hormônios

Além desses benefícios, o inhame também tem uma atuação direta na saúde hormonal da mulher. Por isso, ao aumentar os níveis de estrogênio no organismo, ele pode diminuir os sintomas da menopausa. Já é sabido e comprovado que o consumo frequente de inhame diminui os fogachos, as desordens do sono, as dores e as instabilidades de humor típicas dessa fase.

Como o inhame pode ajudar a regular seu ciclo
Em geral, a causa da menstruação desregulada é um desequilíbrio nos níveis do estrogênio. O inhame ajuda a regular o ciclo menstrual porque contém uma substância com efeitos semelhantes a esse hormônio: a diosgenina. Por ser encontrada em vegetais, essa substância é classificada como um fito-hormônio, mas em contato com nosso organismo, tem a propriedade de se converter em hormônio. Veja esse estudo sobre os benefícios dos fito-hormônios para a saúde da mulher.

E é justamente a diosgenina que ajuda a equilibrar os níveis de progesterona no corpo e, consequentemente, a corrigir a menstruação irregular. Assim, ao impulsionar a produção de hormônios, o inhame favorece a ovulação. E os benefícios não param por aí: as vitaminas B3 e B6 presentes nesse tubérculo ajudam na fixação do embrião no útero.

Ele também é uma excelente fonte de fibras, proteínas, vitaminas do complexo B, riboflavina, ácido fólico e niacina, contribuindo para a saúde dos ossos, a manutenção dos tecidos e o fortalecimento da imunidade. Por esses motivos o inhame tem sido cada vez mais utilizado na indústria farmacêutica.

Melhores formas de consumir inhame
Como geralmente acontece com os vegetais da família dos tubérculos, o inhame não pode ser consumido cru, pois dessa forma ele pode liberar substâncias tóxicas. Nesse caso, existem três opções para consumir esse vegetal e se beneficiar de seus nutrientes.

A melhor forma é a cozida, podes substituir os pratos que são normalmente feitos com batata por inhame – sopa, puré, salada e o que mais a criatividade permitir. O processo é simples: bastar cozinhá-lo por cerca de 10 minutos, retirar a água, colocar nova água e terminar a cozedura. Gostou do conteúdo? Partilha com outras pessoas para que possam beneficiar-se dessas informações valiosas. E se sentires de ter um acompanhamento individual e personalizado para viver da melhor forma a tua ciclicidade feminina, envia-me uma mensagem.

Carla Ferreira

Carla Ferreira

Terapeuta e Formadora
Mentora de Mulheres
Criadora do Método Jornada da Menopausa Consciente
Founder Welcome Home Azores e Ascensão d'Alma

Mais conteúdos que podem te inspirar

Oferta Especial

em comemoração à renovação da marca Ascensão d’Alma

18% off

12 Meditações Guiadas Consciência e Conexão